Escolas no Brasil: como se diferenciar?

ESCOLAS

Escolas no Brasil: como se diferenciar?

Escolas no Brasil: como se diferenciar?

O mercado da educação no Brasil é altamente disputado. Atualmente, o país conta com 184,1 mil escolas, segundo o Censo Escolar da Educação Básica, divulgado em janeiro deste ano. Deste total, 21,7% são colégios particulares. São 105.200 pré-escolas e 116.472 escolas de educação infantil.

De acordo com a Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar), o Brasil possui 9 milhões de alunos de todas as idades matriculados em escolas particulares, da educação infantil ao ensino médio.

São cerca de 11 mil colégios particulares no estado de São Paulo, que atendem 2,3 milhões de estudantes, segundo a Abepar. Na cidade de São Paulo são 1,2 mil escolas e 1,2 milhão de alunos.

Os números mostram um pouco do mercado de educação e de escolas particulares no país e apontam como existem diversas opções disponíveis para os pais que desejam matricular os filhos em uma escola privada.

Mas como uma escola pode se diferenciar e se tornar a opção número 1 ou uma das primeiras opções na lista na hora de escolher o melhor para a criança? Veja abaixo 5 dicas:

1) PROFESSORES QUALIFICADOS
Os professores são os pilares para uma educação de qualidade e responsáveis pela formação de milhares de crianças e jovens. Professores com boa formação são essenciais para uma escola se diferenciar entre todas as outras do mercado.

2) SEGURANÇA
A segurança pode ser um grande diferencial na hora de escolher a escola para o filho. Ter um sistema de monitoramento que permita o acesso dos pais, com facilidade e tranquilidade, pode fazer toda a diferença na decisão.

3) ORGANIZAÇÃO
Um ambiente organizado deixa uma boa impressão para quem visita o local e também permite que o professor trabalhe melhor. A organização dá segurança aos pais que sabem que a escola estará atenta às necessidades da criança e saberá o que fazer em caso de emergências.

4) ATIVIDADES EXTRAS
As atividades extras já são comuns nos currículos das escolas. Idiomas, danças, música e esportes estão entre os mais comuns. Jogos de raciocínio, oficinas de artes e de culinária podem entreter as crianças e colaborar no processo educativo.

5) MELHORIAS CONSTANTES
Melhorias estruturais, organizacionais, pedagógicas e administrativas devem sempre estar na pauta das escolas para oferecer o melhor para os pais e alunos. Os colégios devem ficar atentos às novidades do mercado para se atualizar e manter o padrão de atendimento.

Conheça mais sobre as soluções de câmeras e sistemas de monitoramento da Berith Tecnologia pelo site www.berithtecnologia.com.br ou fale com a gente pelo telefone (11) 5061-4733.