Educação infantil no Brasil

ESCOLAS

Educação infantil no Brasil

Educação infantil no Brasil

A educação infantil é muito importante para que as crianças tenham uma formação escolar de qualidade. Por isso, é essencial que eles estejam matriculados nas instituições de ensino nas fases adequadas.

No Brasil, 32,7% das crianças de até 3 anos frequentavam a creche em 2017, segundo o suplemento de Educação da Pnad Contínua de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual equivale a 3,3 milhões de estudantes. Em 2016, o índice era de 30,4%.

As regiões Sul e Sudeste são as que mais possuem crianças na escola, com 40% e 39,2%, respectivamente. Em seguida estão: Nordeste (28,7%), Centro-Oeste (25,4%) e Norte (16,9%).

Entre as crianças de até 1 ano, 2,7 milhões (64,1%) não estão na escola porque os pais ou responsável não querem e 903 mil (21,1%) por dificuldade de acesso, falta de vaga ou por falta de escola no local.

Entre as crianças de 2 e 3 anos, 1,4 milhão (53%) não vão para a escola por escolha dos pais e 897 mil (34,7%).

A Meta 1 do Plano Nacional de Educação (PNE) estabelece que, no mínimo, 50% das crianças de até 3 anos frequentem a creche até 2024.

Na faixa etária de 4 a 5 anos, 91,7% das crianças estavam na pré-escola em 2017, cerca de 4,9 milhões. Em 2016, o percentual era de 90,2%. Nordeste e Sudeste possuem as taxas mais altas com 94,8% e 93%m respectivamente. Em seguida estão: Sul (88,9%), Centro-Oeste (86,9%) e Norte (85%).

Nessa faixa etária, 196 mil não vão à escola por dificuldade de acesso e 182 mil pelo desejo dos pais.